Notícias

Candidato do PV não quer que suposto apoio de Sabino seja divulgado


Marcelino vai à Justiça contra matéria vista por ele como "ofensiva"

Caído em "desgraça" - politicamente falando - por conta da péssima gestão feita em seu último mandato e pelo fato de estar enquadrado pela Lei da Ficha Limpa, o ex-prefeito de Rio das Ostras, Alcebíades Sabino dos Santos (foto), não compareceu à convenção que escolheu o vereador Marcelino Borba para disputar a Prefeitura da cidade pelo PV, mas lá estiveram pelo menos 20 pessoas de seu grupo, entre ex-secretários, subs, assessores e até parentes, em apoio à candidatura. Marcelino, entretanto, não gostou que as imagens tivessem sido divulgadas, bem como o suposto apoio de Sabino noticiado. Ele recorreu à Justiça Eleitoral contra o jornal Expresso Regional. Borba considerou a matéria ofensiva e pediu ao juízo que determine que o conteúdo seja retirado do site do jornal.

Tecnicamente inelegível até 2023, Sabino acumula condenações na Justiça. Em outubro do ano passado ele teve mais uma decisão condenatória por improbidade administrativa com registro de dano ao erário público confirmada pelo Tribunal de Justiça. Essa foi na 10ª Câmara Cível que, por três votos, rejeitou os embargos apresentados contra sentença proferida em abril de 2015 pelo juiz Rodrigo Leal Manhães de Sá Juiz, da 1ª Vara de Rio das Ostras, obrigando Sabino e seu chefe de gabinete, Aldem Vieira de Souza, a devolver, juntos, cerca de R$ 300 mil aos cofres da municipalidade, por conta de pagamentos indevidos feitos em favor de Vieira.

Embora Sabino não tivesse comparecido à convenção, a presença de seus aliados em apoio à escolha de Marcelino como candidato no pleito suplementar marcado para o dia 24 de junto, foi interpretada como uma aliança velada.

Fonte:http://www.elizeupires.com


Comente você também!

Nome:

E-mail:


Comentário:



Comentários Cadastrados:


Serviço Oferecido por Cabreu Voip
Sistema Midia Ambiente