Notícias

Morador de Rio das Ostras morre em Casimiro de Abreu com suspeita de meningite e dengue hemorrágica


O corpo de Gleison foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de
 Macaé, onde passou por exame de necropsia para saber o motivo  da morte.

Gleison Henrique, de 22 anos, deu entrada em três hospitais antes de falecer
Um jovem de 24 anos morreu com suspeita de meningite e dengue hemorrágica no último sábado (30), em Casimiro de Abreu, na Baixada Litorânea. Gleison Henrique Porto Barcellos era morador de Rio das Ostras, na Região dos Lagos, e havia dado entrada no Pronto Socorro do município na última sexta-feira (29) com fortes dores de cabeça e febre alta. Ele foi medicado e liberado, no entanto voltou a se sentir mal e  a família decidiu o levar para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Tamoios, em Cabo Frio, na madrugada de sábado (30).
O atendimento na UPA  chegou a ser interrompido durante algumas horas para descontaminação, mas voltou a funcionar em seguida. Segundo a unidade de saúde, ele chegou ao local por intermédio do serviço de resgate de Casimiro.  Após avaliação, os médicos suspeitaram de meningite ou dengue hemorrágica, já que os sintomas das duas doenças são muito parecidos. Na tarde de sábado ele foi transferido para o Hospital de Casimiro de Abreu, mas não resistiu e faleceu. Procurada, a prefeitura de Casimiro de Abreu desconhecer a causa da morte. A família do jovem afirma não  sabe o que fazer em relação às medidas de segurança, já que todos tiveram contato prolongado com o rapaz.

O corpo de Gleison foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Macaé, onde passou por exame de necropsia para saber o motivo da morte e foi liberado na manhã desta segunda-feira (2) , de onde seguiu para o Cemitério do Caju, em Campos dos Goytacazes, para ser sepultado.

Fonte:https://riodasostrasjornal.blogspot.com.br


Comente você também!

Nome:

E-mail:


Comentário:



Comentários Cadastrados:


Serviço Oferecido por Cabreu Voip
Sistema Midia Ambiente